(11) 96782-2355
contato@achilesrodrigues.com.br
bigstock--138503621

Liderar pessoas não é uma tarefa simples, mas não é também um bicho de sete cabeças, afinal, como disse Dante Alighieri na obra prima Divina Comédia: o demônio não é tão negro quanto se pinta.

Contudo, é vital que se tenha cautela ao se dedicar ao oficio de liderar pessoas. Diria que é de inteligência impar adotar alguns comportamentos chaves para não viver um inferno profissional na função; seja você, um líder experiente ou um marinheiro de primeira viagem.

Isso por que, não são poucos os profissionais que vão do céu ao inferno, quando assumem a gestão de uma equipe. São promovidos por mérito de um trabalho de excelência, realizado na posição anterior, entretanto, ao assumir a liderança, os riscos de ir ao inferno são existentes e perigosos, já que, diferente de máquinas, Gente não tem padrão nem manual do fabricante.

E, para que o líder vá mal na posição, basta que não tenha conhecimento das sete habilidades que trataremos neste texto, revelando-se assim, num chefe medíocre, que pode acabar com a própria carreira, ou ainda pior: destruir o clima local, a carreira do liderado e as chances de sucesso da empresa.

Permita-me fazer uma pergunta:

Você, assim como a maioria das pessoas, sonha com o dia em que receberá uma promoção e passará a liderar uma equipe?

Se a resposta for sim, não pecas por isso. Mas certamente pecará, e, irá ao inferno em sua carreira, se não se preparar para assumir a cadeira de liderança.

Em muitas empresas, ONG’s e outras instituições, o que não faltam são pessoas sem habilidade alguma para liderar. Esses “líderes”, fazem com que bons profissionais abandonem a empresa em que está, passando a engrossar as fileiras daqueles que deixam sua empresas por conta de chefe ruins.

Mas com você tudo vai ser bem diferente. Afinal, estamos aqui juntos buscando o aperfeiçoamento não é mesmo!

Se deseja ser um excelente líder admirado pela equipe e respeitado pelo seus contratantes, continue lendo e aprenda sete dicas poderosas para que nunca viva um inferno profissional.

7 dicas de liderança que te livrará do inferno profissional

DICA #1

COMO LÍDER, SE VOCÊ NÃO ATRAPALHAR, JÁ AJUDA MUITO

Essa é a primeira e a mais importante dica. O líder quando não atrapalha a equipe ou o liderado, já está ajudando horrores. Tem líder inseguro, impaciente, com pouca inteligência emocional, que fica enchendo o saco das pessoas o tempo todo. Não seja assim.

DEIXE AS PESSOAS TRABALHAREM.

Não faz sentido contratar um talento e ter que ficar falando o que ele tem que fazer. Empodere as pessoas e confie no que elas estão fazendo. Além de se surpreender com a capacidade do time, você melhorará o clima e a relação com todos.

– Ah, mas tem casos e casos. Positivo. Tenha sensibilidade, defina as metas, aponte o caminho, coloque-se a disposição e veja a mágica acontecer.

Outro ponto importante: não segure as pessoas com você se alguém ou, outro departamento tiver algo melhor em termos de desafio e carreira (salvo se vocês já têm um plano juntos). Principalmente se a pessoa manifestar o desejo de ir (se ela tiver um PDI (plano de desenvolvimento individual) com você ela mesmo vai querer ficar). Não atrapalhe o crescimento das pessoas.

DICA #2

SE NÃO PRETENDE ATIRAR, NUNCA SAQUE

Falou que viria? Venha; Prometeu o bate papo? converse; Garantiu a promoção? promova; Disse que enviaria o E-mail? Envie; Garantiu o bônus? faça acontecer; Se comprometeu em ir na festa? Vá.

Tem um sábio ditado que diz: “quem fala demais, dá bom dia a cavalo”. Um líder não é obrigado a falar, prometer, garantir, se comprometer, mas, se o fez, ou seja, se sacou! CUMPRA.

Quando saca e não atira, você perde a credibilidade, a moral, e fica mal visto. Se não pode atirar porque a empresa enrola, engana, é burocrática e tal, jogue limpo com o liderado. CARA, quando sacar, nem que morra; ATIRE.

DICA #3

ILUMINAR O CAMINHO DAS PESSOAS É SUA PRINCIPAL FUNÇÃO

O líder nada mais é que um facilitador. Nem melhor, nem pior que seus liderados. Um igual em uma posição diferente. Talvez em termos de conhecimento técnico seja até inferior, mas deve ter alma generosa e parceira.

A guerra é vencida na trincheira, quem faz a coisa acontecer são as pessoas que você lidera. Seu papel enquanto líder é ser um arquétipo do sol: aquecendo os corações e iluminando os caminhos. O sol é imprescindível, se falta, traz frio e causa escuridão, mas em excesso, causa insolação. Lidere na medida certa.

Não queira parecer mais importante que seus liderados, isso é comportamento de chefe sem autoconhecimento, inteligência emocional e relacional. Se o time ou qualquer integrante se destacar, e for promovido, o mérito é seu que o desenvolveu e não atrapalhou seu crescimento.

DICA #4

GERIR EXPECTATIVAS É VITAL

“A expectativa é mãe da desilusão”. A referida frase é verdadeira e pode acabar com a motivação de uma pessoa e trazer um total desencantamento com sua liderança, área e até com a empresa.

Muitas são as expectativas profissionais, se o líder não tiver preparo, jogo de cintura, inteligência emocional, e, se não conhecer a fundo as políticas da empresa, ele pode criar expectativas erradas: prometendo o que não pode cumprir ou apagando a ambição dos profissionais que estão sob sua liderança.

Um pouco parecido com o tópico anterior, mas diferente em outros aspectos.

Entenda que uma boa e real expectativa deve existir, uma vez que o ser humano é movido por sonhos, desejo de crescer, se movimentar e de propósito.

Fazer a gestão correta das expectativas é algo poderoso na gestão de pessoas.

Ajude o liderado a entender onde está e o que fazer, ou como fazer, para chegar onde ele quer chegar. Mesmo que demore e tenha muitas etapas, mas, o importante é deixar tudo claro entre você, ele e a instituição envolvida.

DICA #5

DAR E RECEBER FEEDBACK É CRUCIAL

Os ausentes nunca têm razão. Essa é uma frase que, guardada as devidas proporções, tem seu sentido. Porém, os presentes que não interagem e não se posicionam, também perdem a razão. O líder em todo o tempo deve se comunicar com sua equipe.

E o feedback é a ferramenta principal para uma comunicação de excelência entre líder e liderado. E, um ponto importante: Feedback não precisa ser em reunião em sala fechada, em um almoço ou com hora marcada, ele pode, e deve ser a todo momento, sempre que se fizer necessário. Contudo, vale lembrar que, elogio se faz em público, mas, críticas construtivas; em particular são sempre mais efetivas.

Não são todos que gostam, mas eu, gosto bastante de levar a pessoa para um café rápido, assim posso dar e pedir um feedback. Mas esse sou eu. Você, em sua realidade, deve encontrar momentos para bate papo com o time, só não deixe de se comunicar.

DICA #6

GRANDES LÍDERES AUXILIAM O LIDERADO A PENSAR NA CARREIRA

Nós, na condição de líderes, temos a função direta de ajudar as pessoas a se desenvolverem. Para seu liderado, você é a empresa, pois representa diretamente suas expectativas.

Olhando para os cinco tópicos anteriores, coloque-os em prática e, ajude o seu time a pensar; eu disse pensar. Nunca diga o que eles devem escolher; seja para trabalhar, estudar ou ter como hobby. A ideia é simplesmente dar pistas para que tomem a melhor decisão.

Faça os questionamentos certos. Ressalte skills específicos, faça paralelos com outras profissões, proponha Job rotativo para que conheça outras áreas, enfim, ajude sempre que possível.

DICA #7

LEVE A EQUIPE A ENTREGA DE RESULTADOS

E por último, mas não menos importante, leve a equipe a entregar resultados. É dai que sai o salário, o bônus, os benefícios; ou seja, sem isso não á emprego. Não tem romantismo no mundo corporativo, no fim do dia, temos que entregar a rapadura: o resultado, a meta, o lucro, a demanda.

Um bom líder é aquele que leva a equipe a bater todas as metas, e, no caminho, desenvolve, inspira e encanta. Faça a leitura do ambiente e identifique os maiores potenciais para cada projeto e função. Ilumine os caminhos, tire as pedras e obstáculos para que o time entregue tudo o que foi planejado. Essa é a missão de um líder excepcional.

***

Você não tem desculpas para não arrebentar na cadeira de liderança, a função apesar de parecer um bicho de seta cabeças, não é. Mas se ainda acha que é, acabei de te dar sete pedras: uma para dar em cada cabeça desse bicho.

Todas essas ações te levarão ao topo, entretanto tem que ser genuíno na prática de cada uma delas. Conhecer as técnicas é primordial, mas, se as pessoas perceberem falsidade, superficialidade e intenções egoístas, todas suas ações enquanto líder sofrerão um revés.

Está no posição de liderança?

Não atrapalhe e já estará ajudando. Só saque se for atirar. Seja um líder sol: aqueça os corações e ilumine o caminho. Cuide com carinho e cuidado das expectativas. Se comunique de forma efetiva e dê Feedback. Ajude as pessoas a evoluir pensando na própria carreira e levo-os a resultados extraordinários.

Seguindo esses sete passos você fará bem para sua carreira, para o crescimento das pessoas e da empresa, ONG ou qualquer instituição que represente.

Não seja um líder medíocre, morno, frouxo ou neutro. Pois já nos alertou Dante Alighieri, na obra já citada:

No inferno os lugares mais quentes são reservados àqueles que escolheram a neutralidade em tempo de crise.

Até a próxima.

Written by: Achiles Rodrigues